Imagem

Como se costuma dizer: “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades” e as modas também… É assim que funciona o mundo dos social media: as redes sociaIs que estão a viver nesta altura os seus “momentos de glória”, acabarão por cair em desuso e, eventualmente, novas redes sociaIs surgirão para substituí-las. Este raciocínio deixa-nos curiosos sobre quais serão as redes sociais do futuro, e que características terão que as diferenciem das existentes na atualidade.

Se olharmos para 5 das mais populares redes sociais do momento, podemos divIdí-las em duas categorias: as que se focam em acontecimentos do passado (FacebookLinkedIn e Instagram) e as que se focam no presente (Snapchat e Twitter). 

É quase de senso comum, a opinião que se tem de que, é um desperdício de tempo viver colado/a ao passado, e que se deve aproveitar o momento (a tão conhecida expressão, Carpe Diem), não perdendo muito tempo a pensar no futuro. Mas, afinal, também nos dizem que devemos guardar os bons momentos na memória, não deixando de acreditar nos nossos desejos para o futuro.

 A verdade é que, nos dias de hoje, com o excesso de informação sobre a vida social das outras pessoas, muitas vezes deparamo-nos com nós próprios a perguntar qual o interesse de determinada história que chega até nós, e que já ficou no passado. 

O Snapchat, por exemplo, foca-se no presente, assim como o Twitter (O que está a acontecer agora?) e, supostamente, têm como objetivo ligar-nos ao momento que estamos a viver. No entanto, por vezes, estamos tão preocupados em relatar o presente, que nos esquecemos de o vivenciar, para além do facto de que, nem sempre, o presente é, exatamente, o que queriamos que fosse e sentimos a necessidade de sonhar com pequenas mudanças – É aí que surge o futuro. Neste caso, o futuro proximo. 

Foi com o objetivo de pensar mais à frente que os fundadores do Nextt, desenvolveram uma rede social “privada” que se foca nisso mesmo, no futuro, e nos planos para o futuro próximo, que nos ajudarão a aproveita-lo quando este se transformar no presente. Tal e qual, como nas palavras do contribuidor da Forbes, Anthony Wing Kosner, no seu texto Nextt Is The Social Network For The Near Future, o Nextt é uma ferramenta online, que facilita a vida offline.

 

Imagem

Como funciona? O Nextt permite-nos tornar ideias vagas, de coisas que gostariamos de fazer, em experiências reais com os nossos amigos. Só temos de responder às perguntas: -quem? -o quê? -onde? e -quando? (as mesmas perguntas do lead de uma notícia), e esperar que as pessoas que convidámos confirmem, ou não a sua participação. 

Os planos que realmente se oficializarem, ficam agendados no calendário, e depois de se realizarem, ficam guardados e registados para mais tarde recordarmos (não descura o passado). 

Se, realmente, as redes sociais viradas para o futuro próximo, se tornarem um sucesso, é importante pensarmos qual o papel que os meios de comunicação social poderão desempenhar nestas (como desempenham no Facebook, ou no Twitter), uma vez que se prendem à atualidade.

Vídeo promotor da rede Nextt:

http://vimeo.com/68690419