Nos dias que correm muito se ouve falar sobre as lojas que surgem no mundo virtual e aquelas que, mesmo tendo loja física, aproveitam também a internet para promover os seus produtos.

As lojas virtuais têm ganho cada vez mais força num mundo que se prevê cada vez mais interactivo. Estas lojas são uma montra para todos aqueles que, não tendo possibilidade de criar uma loja física, investem numa loja virtual, partilhando os seus produtos via online. As redes sociais  podem servir para a criação deste tipo de loja ou somente podem servir para a partilha de informações sobre elas. Outros sites como o webnode ou o wix, são gratuitos e possibilitam uma plataforma de vendas e são um modo de espalhar os produtos por todo o país, quiçá do mundo.

lojas-virtuais

Ora, nesta Era de novas tecnologias e novas formas de comunicação, Felipe Martins elaborou uma lista com oito razões para a criação de lojas virtuais:

1 – Baixo investimento: criar uma loja virtual é muito mais barato do que criar uma loja física porque não é necessário investimento em espaço nem em pessoal, apenas é necessário uma plataforma/rede social que seja gratuita ou de baixo custo;

2 – Em funções 24h: a loja virtual, por ser na internet, mantém-se aberta durante todo o dia e toda a noite, proporcionando ao cliente um rápido acesso aos produtos em qualquer momento;

3 – Personalização: os produtos ou serviços podem ser desenhados para cada um dos diferentes usuários, o que permite a originalidade do produto/serviço;

4 – Comodidade: o cliente não necessita de sair de casa ou do trabalho para ter acesso aos produtos/serviços;

5 – Alcance maior: como, hoje em dia, todas (ou quase todas) as pessoas têm acesso à internet, torna-se mais fácil chegar a um maior número de clientes/possíveis consumidores;

6 – Sem barreiras: Nas lojas virtuais não existem barreiras. Pode-se comprar um produto que esteja a ser vendido em qualquer parte do mundo;

7 – Gerir o stock: os stocks das lojas virtuais podem ficar em lugares diferentes e é gerido de forma mais eficiente.

8 – Igualdade entre lojas: no mundo virtual, não existe distinção entre lojas pequenas e grandes. Todas as lojas possuem o mesmo espaço para a divulgação dos produtos.

criacao-de-sites-lojas-virtuais

Assim, podemos concluir que hoje as possibilidades de negócio não se encontram apenas fisicamente. Encontram-se em cada rede social, em cada plataforma gratuita ou em cada blog que só o mundo virtual pode oferecer.

Veja o vídeo com alguns exemplos de sucesso:

 

Para mais informações: http://www.ibody.com.br/blog/senso-de-urgencia/8-razoes-para-implantar-sua-loja-virtual

Joana Pires nº20130751