crowd2

 

 

 

 

 

 

Muitos de vocês devem estar a pensar... o que e que é o crowdsourcing?

Bem, o  conceito de crowdsourcing nasceu como ferramenta para obter a colaboração aberta de um grupo numeroso de pessoas ou de uma comunidade. Trata-se de um outsourcing de tarefas numa convocatória aberta onde no fim, as pessoas mais aptas são escolhidas para responder a problemas e contribuir com ideias originais e relevantes.

Assim, pode-se conseguir mais e melhores soluções sem necessidade de tanto esforço por parte do cliente e dos provedores.

O primeiro a usar o termo “crowdsourcing” foi Jeff Howe, que estabeleceu o conceito.

Crowdsourcing como ferramenta de marketing

O crowdsourcing está tornar-se cada vez mais uma ferramenta de marketing muito utilizada por grandes e pequenas empresas. Entre os objectivos do crowdsourcing, destacam-se alguns como: aumentar as vendas, resolver problemas, gerir a reputação, procurar novos segmentos de mercado e conseguir feedback e opiniões de produtos e serviços entre outros.

Exemplos de crowdsourcing aplicados ao marketing

  1.  Doritos lançou uma campanha na qual os fãs deviam desenhar um anúncio para conseguir a oportunidade de assistir à Superbowl e ser o próprio um dos anúncios do evento. Esta é uma das campanhas de crowsourcing mais reconhecida.

    Este é o anuncio do ano 2013: http://www.youtube.com/watch?v=HY4L1ihRkaY

  2.   Starbucks lançou um site chamado MyStarbucksIdea que tem como objectivo obter ideias dos seus clientes  utilizando o crowdsourcing. O site permite aos clientes do Starbucks votar nas ideias, colaborar e dar feedback dos serviços e produtos oferecidos: http://mystarbucksidea.force.com/

  3. Lego cuusoo: Lego possui um site que oferece aos clientes a possibilidade de desenvolver ideias e projectos que mais tarde produz. http://lego.cuusoo.com/